Detalhe Blog da Caduceu Jr.

img

Como ter uma contabilidade à prova de erros no MEJ

20/05/2020 Negocios

Como ter uma contabilidade à prova de erros no MEJ

 

Hoje a importância de estar regularizado é tão grande, que grande parte das empresas utiliza tal critério para decisão no caso de contratação de prestadores de serviços, como é o caso das Empresas Juniores. Em virtude disso, neste artigo iremos apresentar as obrigações fiscais da EJ, os documentos exigidos pela Brasil Júnior para a obtenção do Selo, e os tributos que a Empresa Júnior deve pagar. Cumprindo tais obrigações, sua EJ estará regularizada e terá garantia frente a seus clientes e parceiros e também evitará problemas junto à Receita Federal e demais órgãos governamentais de controle.

 

Entregáveis do Selo EJ

 

Estatuto Social: é o documento que constitui a Empresa Júnior como associação civil, pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos. É a certidão de nascimento da pessoa jurídica EJ. A maioria das EJs já possuem o estatuto registrado em cartório, sendo suficiente apenas a digitalização da cópia para obter a fração do selo. Caso houver uma alteração no Estatuto, é necessário fazer o registro novamente. Prazo de envio: 20/01.

 

Ata de Eleição e Posse: a cada novo processo eleitoral, é preciso formalizar através de atas registradas em cartório, a eleição e posse da nova gestão. Prazo de envio: 24/02.

 

Ficha Cadastral da Pessoa Jurídica (FCPJ) ou Quadro de Sócios e Administradores (QSA): consiste na adequação dos dados da EJ frente à Receita Federal, realizando a alteração do representante legal da empresa. Vale ressaltar que é preciso ser feito após o registro da ata de eleição e posse. Prazo de envio: 23/03.

 

Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ): é o número de identificação de toda pessoa jurídica, seja sociedade ou associação, frente à Receita Federal. Deve constar CNAE adequado, conforme atividade realizada pela EJ. Prazo de envio: 20/01.

 

Certidão Conjunta Negativa de Débitos Relativos a Tributos Federais (CND FEDERAL): comprova que a EJ não apresenta pendências tributárias perante a Receita Federal, como o Cofins. Prazo de envio: 24/02.

 

Certidão Negativa de Débitos Municipais (CND MUNICIPAL): é um documento, assim como aquele citado acima, que comprova a inexistência de qualquer dívida relacionada a impostos na esfera municipal, como o ISS. Prazo de envio: 24/02.

 

Comprovante de Conta Bancária Ativa: basta emitir um extrato bancário a partir de janeiro do ano corrente. Tal extrato deve apresentar a identificação do banco, número e agência da conta. Prazo de envio: 23/03.

 

Livro Diário: é um livro contábil onde consta todas as movimentações financeiras de débito e crédito do ano anterior. Deve ser assinado por um contador e registrado em cartório. A documentação necessária para a elaboração do Livro são os recibos, as notas fiscais, cupons fiscais ou boletos de todas as entradas e saídas de recurso da EJ. Prazo de envio: 20/04

 

Contrato de Serviço: é necessário digitalizar apenas um dos contratos de serviço da empresa, o mesmo deve ser referente ao ano anterior a partir do mês de outubro. O contrato deve ser construído e ter suas cláusulas e condições bem discutidas, claras e aceitas por ambas as partes, pois é de interesse destas e também da sociedade que os contratos sejam cumpridos. Prazo de envio: 24/02.

 

Nota Fiscal: ao prestar um serviço, a Empresa Júnior deve emitir a Nota Fiscal para o cliente, comprovando o serviço. Dessa forma, nesta fase do processo de regularização da empresa, é preciso digitalizar uma nota fiscal emitida a partir do mês de outubro do ano anterior. Prazo de envio: 20/04.

 

Declaração e Termo de Voluntariado: o termo de voluntariado é o documento que define, de forma jurídica, a relação entre membros da EJ e a instituição em si. Deve conter em anexo uma declaração do presidente da empresa, listando as informações dos membros (Nome, CPF, RG, Endereço e Estado Civil) e afirmando que todos da empresa possuem termo de voluntariado assinado. Prazo de envio: 20/01.

 

Comprovante de Reconhecimento da Instituição de Ensino Superior (IES) e orientação de professores: para formalizar juridicamente o vínculo da IES com a EJ, é preciso a assinatura do representante da instituição no documento, com data de no mínimo janeiro do ano corrente. Prazo de envio: 20/01.

 

Os prazos para envio das documentações para a Brasil Júnior são referentes ao ano de 2020 e variam de acordo com o edital do ano presente.

 

Obrigações Fiscais da EJ

 

São obrigações impostas pelo governo que a EJ precisa cumprir para garantir regularidade perante os órgãos governamentais, em especial a Receita Federal. Cabe destacar, que todas as obrigações a seguir geram multa caso não sejam entregues no prazo.

 

Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF Inativa): como a EJ é uma associação sem fins lucrativos é necessário declarar sua inatividade e emiti-la até o 15º dia útil do 2º mês subsequente ao fato gerador. 

 

Escrituração Contábil Fiscal (ECF) é um documento anual equivalente a uma declaração de Imposto de Renda, só que para pessoas jurídicas, no qual se discrimina todos os dados econômicos e fiscais do ano em que está sendo apurado. Deve ser emitida até o último dia útil do mês de julho.

 

A Relação Anual de Informações Sociais (RAIS Negativa) é uma obrigação fiscal, mas também faz parte dos entregáveis do Selo EJ. É preciso apresentar a RAIS como declaração negativa, indicando que a EJ não possui empregados. Prazo de emissão até 01/03. Envio para a BJ até 23/03.

 

Já no momento de abertura da EJ, será necessário o Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social, e a DCTF de abertura.


 

E, afinal, quais tributos a EJ precisa pagar?

 

As EJs são isentas de tributos federais. Porém, cada EJ deve estar atenta aos tributos de competência municipal verificando as regras e condições impostas pelos códigos tributários de cada município para a obtenção da isenção sobre cada um deles.

 

Restou alguma dúvida? Entre em contato com a Caduceu Jr, estamos prontos para entender suas necessidades específicas e prestar a assessoria contábil ideal para a sua EJ, clique aqui.

 

Consultorias

Prestamos soluções em gestão tanto para novas empresas quanto para empresas já consolidadas no mercado.

Núcleo de Apoio Fiscal

Núcleo de Apoio Fiscal

Microempreendedor Individual

Realizamos atendimento diário ao Microempreendedor Individual a fim de regularizar sua profissão. Precisa de ajuda?

MEJestor

Projeto exclusivo para assessoria das Empresas Juniores, criado especialmente da rede para a rede.

Quer saber mais sobre a Caduceu Jr.?
A Caduceu Jr. entrar em contato com você!
Assine o Newsletter

Assine nosso canal de comunicação e receber as novidades!